quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

"A Reforma da Previdência é a favor ou contra o Povo?"


Ontem, pelas ruas da minha querida Caucaia, o Repórter Alternativo, Eri Brasil me perguntou sobre minha compreensão a respeito da Reforma da Previdência e se tal Reforma traria benefícios para a população que contribui cotidianamente tentando garantir sua aposentadoria num futuro que, pelo o andar da carruagem, parece bem distante.

Compreendendo que as razões postas pelo governo e a elite capitalista não trazem melhorias para a população, pelo contrário, dificultam ainda mais a vida do trabalhador, e aqui não aceito os falaciosos argumentos de que a população brasileira está envelhecendo, e com isso a necessidade da ampliação das sofridas contribuições previdenciárias, pois a elite que exige sacrifícios dos trabalhadores parece-me estar tentando aumentar seus privilégios com alegativas não tão verdadeiras e favoráveis a sua manutenção dominante do capital.
 Crédito Víedo: Eri Brasil

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

É 29


O tempo determinado do nascer correu acelerado na busca do devir que aconteceu exatamente quando se passara vinte e nove dias do décimo primeiro mês daquele ano das acontecências ramificadoras que eternizou meu ser.

Nos primeiros dias, o encantamento de sonhos e a leveza de compreender a essência da vida. Vida que acelerada ultrapassa os limites da observação no contemplar do fim de tarde. No fim da tarde surge a penumbra do efervescer da madrugada que é sempre clareada com a beleza do luar e as manhãs das descobertas filosóficas do ser que vive o encantamento do conhecer.

O tempo tem sido implacável na caminhada de conquistas que já se somaram com alguns contratempos de aprendizagem, todavia ampliam-se as possibilidades na práxis cotidiana e do deleite de ler mais um livro de filosofia com a determinação, objetivação e compromisso do saber fazer a vida acontecer.

Eu te amo filha linda!
 Crédito Foto: Airton dos M@res

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Viva Zumbi! Viva a Consciência e Liberdade Humana

Em 2013, diante de algumas falas preconceituosas sobre uma apresentação de alunos do 8º ano do Ensino Fundamental da Escola Erbe Teixeira, referente ao Dia da Consciência Negra,  o Professor Airton dos M@res desabafa sobre o preconceito e mostra à estudantada nossas raízes ancestrais e a Importância da Celebração da Consciência Negra homenageando Zumbi dos Palmares e a Liberdade Humana.


Crédito vídeo: Vera Maciel e Nonato Nogueira
 

domingo, 19 de novembro de 2017

Viva a Resistência na Consciência Negra

Os africanos não vieram livremente para o Brasil.
Vieram obrigados, escravizados de diferentes “Áfricas” e trouxeram consigo hábitos e tradições que marcaram nossas vidas.
Quando aqui chegaram perderam sua identidade, sua etnia e, foram outra vez batizados. Sem característica humana, e trocados por tabaco, aguardente, pólvora e armas. Armas que fortaleciam as guerras para ampliar ainda mais um número de pessoas africanas escravizadas.
Sua cultura jeje no Maranhão, iorubá na Bahia e o banto mais usado no sudeste e conhecido no Brasil.
Trabalhando de doze a quatorze horas, onde seu dia tinha início as quatro da manhã e findava apenas com a terra fria, já era noite.
Vida vigiada por feitores que nunca perdoavam uma pequena pausa para descanso necessário, buscou na capoeira uma forma de resistência, que hoje é uma expressão cultural afro-brasileira ou por dizer o modismo, afro-descendente.
Com sua resistência formaram os quilombos, onde pessoas se agrupavam quando foragidas da escravidão. O quilombo de Palmares liderado por Zumbi, foi o mais conhecido e lutou até o fim sem se render, sem se vender, sem sucumbir.
A comunidade negra transforma o dia da morte de Zumbi 20 de novembro, dia da consciência negra. Dia para refletir sobre o racismo no Brasil e buscar de alguma forma superá-lo.
Viva Zumbi e viva a Resistência Negra que ousa existir
Autor: Professor Airton dos M@res 
Texto Trabalhado em Sala de Aula do Ensino Fundamental em 2011

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

A EaD e suas Estrelas na EPCT


Já faz algum tempo que trilhamos os “estreitos e ricos” caminhos da educação Profissional, Cientifica e Tecnológica – EPCT na modalidade Semipresencial da Universidade Aberta do Brasil – UAB promovida pelo o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE.

E nesta caminhada tivemos o prazer de conhecer muitas pessoas interessantes, ricas de conhecimentos e que propagam o nome da EPCT e do IFCE e UAB nos mais diversos campos da sociedade. Para deixar claro estas ações devemos lembrar que, nos dias 26 e 27 de outubro de 2017, no Centro de Eventos do Ceará aconteceu o II Seminário de Integração dos Polos UAB do Estado e nossa representação foi significativa diante do contexto.

Não apenas o Coordenador do curso da Licenciatura em Educação Profissional, Científica e Tecnológica – EPCT, Carlos Alberto Bezerra falou com propriedade sobre o nosso Histórico Instituto Federal, mas também nossos alunos do polo Novo Pabussu – Caucaia trouxeram grandes contribuições intelectuais para o abrilhantamento do Evento patrocinado pela Secitec – Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará.

O atuante educador, Francisco José Assunção da Silva, desfilou por quase todos os tabuleiros intelectuais das Apresentações de Trabalhos Científicos no Evento, defendendo não apenas o Nome da EPCT, mas se mostrando altruísta e abrindo espaços significativos para seus colegas de curso como a Raquel Siqueira da Silva que defendeu e apresentou um belo trabalho de parceria sobre Estágio e Formação Docente em Educação Profissional, Científica e Tecnológica – EPCT, como também o Papel do Tutor na Formação em Língua Inglesa com a professora Maria Lucimar Vieira (SEDUC – UFC) e porque não falar sobre a Monitoria no Ensino Médio Possibilidades para a EPCT com os alunos secundaristas Tomás Victor Fernandes Martins (1º ano B monitor – JMCO) e Daniel Santos Sousa (1º ano G monitor – MMS).

Além disso, nosso polo de apoio presencial, Novo Pabussu, trouxe também a experiente discente e concluinte Antônia de Fátima Rodrigues de Sousa que brilhantemente “deu uma aula show” de sua visão sobre a Educação à Distância, mas especificamente, relatando a importante atuação do tutor presencial no “chão do fazer educação” dos Polos de apoio Presencial das Instituições de Ensino Superior - IES Semipresncial da Universidade Aberta do Brasil.

Parabéns aos guerreiros alunos da Semipresecialidade pela ousadia como se mostram de coração e conhecimentos múltiplos nos mais diversos campos do conhecimento, não apenas por aqui, mas é bom lembrar que essa turma boa marcou forte presença no IV Colóquio Nacional e I Colóquio Internacional do IFRN em Natal.


Crédito Foto: Assunção e Airton dos M@res.

2018 sem Cidismo e AntiCidismo?


Numa breve conversa virtual com o amigo analista e consultor político, Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, falamos que a situação da política eleitoral para 2018 está meio que sem líderes de capilaridade política social que possa imprimir uma imagem de gestor carismático e força política no Estado.

Ao perguntá-lo sobre nomes para o tabuleiro eleitoral dos pretendentes ao palácio Iracema, Luiz falou que está em aberto, uma vez que já passou a força política do Cidismo e que o AntiCidismo deixa de existir praticamente quando o governador Camilo Santana tenta aglutinar seus possíveis aliados, passando pela ala de quase todas as agremiações partidárias do Estado.

Aqui vou eu, será que não seria a vez de uma candidatura de esquerda? Nesse sentido, é bom lembrar que o nome do carismático Ailton Lopes já foi lançado no Congresso do PSOL e que agora, resta a união das força de esquerda para a feitura e execução de um programa que atenda os anseios da população cearense.
Crédito Foto:  Luiz Cláudio Ferreira Barbosa e Airton dos M@res

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

As TICs na EaD pelos Alunos do Ensino Médio com Assunção


Venho aqui Parabenizar o amigo Assunção, Francisco José, pelo seu agir altruísta e por propagar o protagonismo de alunos do Ensino Médio no II Seminário de Integração dos Polo UAB – Feira do Conhecimento acontecido no Centro de Eventos nos dia 26 e 27 de outubro.

Existem pessoas que, na maioria das vezes, mostram veladamente suas habilidades e competências nas convivências humanas e sociais e existe também o Assunção que se despe de sua potencialidade intelectual e social e mostra segurança ao fazer emergir outras pessoas capazes, mas que não dispõem de oportunidades e ocasionalmente vivenciam uma certa timidez no agir em sociedade.

Assunção é ousado e demonstra facilmente sua ousadia patrocinando o protagonismo de seus discípulos, meninos e meninas do Ensino Médio de Escolas Públicas do Estado, lançando-os nos meandros acadêmicos dos trabalhos científicos e apresentações externas da caixinha habitual da tutoria nas TICs relacionando-as a Educação à Distância – EaD da semipresencialidade das oportunidades públicas.

Parabéns, Gabriel Gomes de Sousa, Josilene Alves, Patrícia Aline Loiola e Silva por brilharem no II Seminário de Integração dos Polos UAB – Feira do Conhecimento.


 Crédito Foto: Airton dos M@res.

domingo, 29 de outubro de 2017

Fátima Sousa Fala sobre a Educação à Distância: Atuação e desafios do Tutor Presencial


Aconteceu nos dia 26 e 27 de outubro no Centro de Eventos do Ceará o II Seminário de Integração dos Polos UAB e a Professora Antônia de Fátima Rodrigues Sousa não apenas participou como Equipe UAB, mas aproveitou para Apresentar o resultado de sua pesquisa no Trabalho de Conclusão de Curso – TCC – Educação à Distância: atuação e desafios do Tutor Presencial na Licenciatura em Educação Profissional, Científica e Tecnológica – EPCT semipresencial IFCE – UAB.

Parabéns Fátima, pela iniciativa de socializar um pouco das pesquisas que vem sendo implementadas na Educação à Distância no Polo de Apoio Presencial Novo Pabussu - Caucaia com qualidade social e compromisso de transformação da realidade para uma nova sociedade.

A Professora apresentou sinteticamente a importância e os desafios do Tutor Presencial para o bom funcionamento dos Cursos de Educação à Distância – EaD e “deu um show” de aula com seu dinamismo, habilidade, dedicação e amor à construção de um novo amanhã na Educação Semipresencial e como ela costuma dizer: somos todos EaD.


Crédito Foto: Airton Amaral & Assunção FJ

domingo, 22 de outubro de 2017

A Revolucionária Alexandra Kollantai

No momento em que se comemora Cem anos da Revolução Russa não poderíamos deixar de falar sobre uma mulher além de seu tempo, mesmo tendo emergido da nobreza, esteve presente nas lutas do povo russo, lutou pela emancipação da mulher e foi oposição nas causas dos operários sindicalizados.

Alexandra Kollantai apesar de somente após a maternidade, tomou conhecimento da Filosofia Marxista, participou juntamente com os bolcheviques da Revolução vitoriosa de 1917. Kollantai deixou grandes marcas no soviet de Petrogrado com sua participação sempre atuante.

Aliada direta de Lenine nas lutas sociais e operárias, Kollantai foi também  revolucionária na luta pela emancipação feminina e chegou a comparar a questão do sexo à luta operária, uma vez que a mulher precisava romper definitivamente com a ideologia dominante do capital burguês que só a via como fêmea para a reprodução e procriação.

Viva a Revolução Vitoriosa de 1917. Viva Lenine e Alexandra Kollantai.
Crétido Foto: Internet

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Seminários Interdisciplinares na EPCT


Nossos desafios cotidianos estão desfilando no tabuleiro da Educação Profissional, Científica e Tecnológica – EPCT/UAB/IFCE e com intensidade podemos realizar no Polo Novo Pabussu o Primeiro Seminário: Caminhos e Perspectivas da Educação Profissional, Científica e Tecnológica neste sábado 14 de outubro de 2017.

Na verdade, não irei citar os entraves que, a priori, justificou uma pequena frequência, contudo, falar da dedicação e compromisso assumido com tal realização pelo grupo de organização, e aproveito aqui para Parabenizá-lo. Compromisso assumido. Compromisso Realizado e com sucesso que muitas vezes não se encontra apenas na quantidade, mas na Qualidade e isso foi condição Sine qua non deste seleto grupo.

Como todo bom evento, tivemos inicialmente cerimonialista, Fátima Sousa, fazendo a apresentação do Seminário e a seguir a fala do coordenador do Polo, Professor Francisco da Silva (Lúcio) Moreira que relatou a historicidade e importância do Polo de Apoio Presencial da Universidade Aberta do Brasil para a população de Caucaia. A fala da discente Séphora Luciana apresentando a importância da Educação Profissional, Científica e Tecnológica, nossa EPCT de cada dia, bem como os votos de sucesso para os discentes da professora formadora Ana Cláudia Uchôa de Araújo, e um rico e nutritivo café da manhã que muitos insistem em chamá-lo de “coffee break” .

Podemos assistir as ricas e objetivas apresentações dos discentes cursistas que muito contribuíram para o enriquecimento do Evento, e para finalizar contamos com a dinâmica palestra “Os Desafios da Educação Profissional no Brasil com a professora Dra. Keila Andrade Haiashida.
 Crédito Foto: Airton dos M@res.